Publicado em 31/08/20 às 14h30

Nutricionista intensivista, o profissional que otimiza os tratamentos intensivos

A atuação do nutricionista na UTI atua na melhora dos pacientes e otimiza o trabalho dos demais profissionais intensivistas

Em 31 de agosto é comemorado o Dia do Nutricionista e a AMIB não poderia deixar de homenagear o nutricionista intensivista, o profissional que trabalha a terapia intensiva de dentro para fora.

Este profissional é extremamente necessário para a recuperação do paciente, uma vez que a desnutrição pode aumentar a taxa de mortalidade, o tempo de internação e os custos com o tratamento na UTI.

A nutricionista Sandra Justino, presidente do Departamento de Nutrição da AMIB, afirma que a terapia intensiva é o maior desafio para o profissional da área. “Estabelecer as prioridades, para a conduta nutricional, frente à complexidade que é clínica do paciente crítico, é um constante desafio na rotina diária. Tudo começa na admissão, na escolha da melhor ferramenta para avaliação do risco e diagnóstico nutricional”, comenta.

O trabalho, no entanto, é constante para atingir o principal objetivo, que é a melhora do paciente crítico. “Durante a internação ainda são necessárias dezenas de informações relacionadas à nutrição que devem ser avaliadas e interpretadas, que vão desde exames bioquímicos, gasometria, hemograma, parâmetros ventilatórios, sinais e sintomas, escuta do paciente (sempre que possível), dos familiares e da equipe multiprofissional, além da realidade institucional, como a disponibilidade de insumos, para então realizar a intervenção nutricional, que também deve estar alinhada às evidências científicas e experiência à beira leito de forma individualizada, tudo objetivando a melhor resposta do paciente com a segurança necessária”, relata Sandra. 

Apesar de trabalhoso, o resultado do trabalho do nutricionista intensivista não poderia ser mais gratificante. A presidente do Departamento, Sandra Justino, revela que “a maior satisfação é quando o paciente responde ao tratamento de forma positiva e conseguimos realizar a transição da terapia nutricional das formas especializadas (sonda/parenteral) para a via oral e, principalmente, quando o paciente tem alta com o estado nutricional o mais preservado possível ou recuperado e pode retornar a viver com qualidade. Isso não tem preço”.

Sandra Justino comenta também como incentivar para que mais nutricionistas tenham interesse na terapia intensiva. “Com a divulgação da especialidade, com programas de qualificação, como pós-graduação, cursos e treinamentos. É importante dar oportunidade de participação do profissional nos eventos científicos, como congressos, webinars e workshops”, comenta a presidente.

Hoje também foi publicado a Resolução nº663 que regulamenta as atribuições do Nutricionista para garantir a assistência adequada a todos os pacientes internados na UTI. Uma importante vitória da equipe multiprofissional na Unidade de Terapia Intensiva. 

A AMIB reconhece a importância do nutricionista intensivista e parabeniza todos os profissionais e estudantes!

  • Associados: (11) 96663-9614
  • Cursos: (11) 99168-4391
55 11 5089-2642
Rua Arminda, 93, sétimo andar – Vila Olímpia São Paulo, SP CEP: 04545-100